#IMAGEM: se liga! Acessórios revelam quem você é.

Assinatura_Lula_Rodrigues2

Pesquisas comprovam que o homem comum (o não fashionista) não se espelha, em seu semelhante (modelos) nas capas das revistas, ao contrário das mulheres que se projetam nas top models.

A coisa muda quando o “cara da capa”, é um ator, ícone de esportes – todas as modalidades – ou grande empreendedor, por exemplo. Eu mapeei as mens magazines de todo o planeta – de Hong Kong à São Paulo, passando pelo Rio e chegando a Dubai – para conferir, e conclui que é verdade.

Este post mostra estilos de homens, formatando nichos de mercado, focado na imagem de executivos. As fotos eu costumo usar em palestras de Consultoria de Imagem Corporativa, pois além de blogueiro, editor e autor, ministro workshops focados na imagem masculina.

No post anterior, conhecemos as apostas da Raphel Steffens para o alto verão que já está batendo em nossas portas. Neste, trabalhamos itens atemporais, lembrando do que a experiência me ensinou: os acessórios tem papel definitivo, diferencial e pode turbinar o visual de um executivo. Contra, ou a favor.

foto6

Para facilitar, vamos considerar 5 estilos de homens e indicar que tipo de acessórios eles devem usar para manter a sua imagem em dia, ser promovido e estar dentro das normas corporativas de seus universos de trabalho.

1 – Luxury: 

foto5

 

Este executivo, é “o cara”. Está no topo da empresa. É discreto mas se dá ao luxo de usar – sem exibir ou ostentar – acessórios caros, que o distingue da concorrência. Sapatos do estilo Oxford Raphael Steffens, nas cores marrom e preto, relógios poderosos que não incomodam no punho francês, cujos botões passam pelas casa. Todas as suas roupas São feitas por alfaiates. Sua bolsa? A tradicional maleta executiva.

M889344001O_1

2 – Clássico:

foto4

Esta é a fómula sem erros, mas nada de caretice. O estilo destaca a importância de roupas e acessórios de ótima qualidade, assim como os cuidados pessoais em dia. Ideal para entrevistas de trabalho. Dicas: gravatas de boa procedência com o nó simples e muito bem executado. Aposte em terno cinza grafite, camisa branca colarinho francês, cintos e sapatos pretos nos modelos Oxford, mocassim (penny loafer) de couro. Bolsa na cor preta para acomodar smartphones, tablets e documentos. Mantenha os bolsos livres. Óculos escuros e relógios discretos. Sucesso! Assim você pode conquistar o cargo almejado.

3 – Contemporâneo:

foto

 Também pode ser chamado de “clássico contemporâneo”. É o visual que impera no universo executivo de hoje. É cosmopolita e está um passo a frente do clássico. As pitadas diferenciais são a escolha das gravatas de largura média, o retorno ao uso do colete (cuidado com o verão!!!). Neste momento, os acessórios corretos definem sua identidade. Sapatos? Modelos Oxford e mocassin pretos ou marrons – de acordo com os ternos que variam dos cinzas aos marinhos. Os monk straps (com fivela na lateral) são os da moda. As bolsas são indispensáveis e a escolha é variada. De preferencia em tons que não briguem com sapatos e cintos, mas nada “combinandinho”.

4 – Trend:

 foto3

Vamos combinar que uma geração de jovens empreendedores chega ao mercado de trabalho, cheia de gás, criatividade e desempenho. Mas, importante: exige em troca de seu performance, um dress code mais relax. Aqui, os mocassins com solas coloridas, relógios que seguem tendências, assim como óculos e bolsas. Esta moçada chegou ao universo corporativo como verdadeiros bandeirantes abrindo alas para o estilo fashion, que vem a seguir. Importante 2: antes de adotar qualquer ousadia, dialogue com seus superiores sobre as normas do uniforme corporativo da empresa.

foto2

 

 Redefinir é o verbo do momento. Todas – eu disse todas – as publicações masculinas, da Asia, Filipinas, Europa, Américas, Índia e Oriente, pregam e endossam em seus editoriais, novas regras no código de vestir do homem urbano, que trabalha. A difusão global do esquema home office (trabalhando em casa) ajuda o jovem executivo, a apostar em blazers, bainhas viradas ou curtas (pula brejo ou pescando siri) chamadas de cropped (cortadas, em ingles). Para estes profissionais, toda a coleção de verão  Raphael Steffens, pode ser adapatada aos momentos de seu dia.

Atenção: critério de escolha, é fundamental. Nao arrisque a ir para uma reuniao de blazer, calça chino e chinelos. Mesmo sob 40 graus, vamos combinar que e a dita “liberdade”tem limites, que também podem ser chamados de boa educação.

 5 – Fashion:

foto1]

 O estilista americano Thom Browne, é o responsável pela “revolta das meias”. O look sockless está sendo usado com terno, costume ou blazer + calças tradicionais ou de sarja, com bainhas curtas assumidas. Sobre as meias, que tal um flash back ao segundo post do Style for Man, em 10 de setembro de 2012? 

O lugar onde esses verdadeiros pavões se exibem? Nas empresas criativas, e nos Instagram. E, por falar nisso, você já curtiu @raphael_steffens hoje? O que usar. Tudo da coleção de verão RS, é claro.

Vá com calma, mas vá. Seu estilo e sua imagem, podem ser termômetros do saldo de sua conta bancaria, A roupa certa para o lugar certo, ok? Prometo voltar a falar sobre isso, aqui no Style for Man.

produtos

Compartilhar este post

Últimos Posts

#CSLOVERS

Siga nosso instagram
e descubra o fascinante mundo da CS!

Follow