Que mulher você quer ser nesse inverno?

A Renata Kuerten! É isso… eu queria ser a Renata Kuerten, com esse corpão malhado, esguio, e esse ar glamoroso de diva de cinema. Como o corpo sarado só mesmo (aliás, nem mesmo) me jogando na academia, fico com o ar glamoroso, esse, sim, mais fácil de ser reproduzido na minha vida real. Porque não precisamos nos sentir divas apenas em dias de festas importantes. O glamour cotidiano está no comportamento da gente e, claro, em boas peças para acompanhar: uma calça bem cortada, uma bela camisa bem passada e acessórios lindos que imprimem luxo ao nosso dia a dia.

A imagem de Renata nesse vestido incrível e com esse par de sandálias e clutch maravilhosos, elegantes, é uma das que veremos a partir de hoje na divulgação do preview de outono-inverno da Carmen Steffens, nas lojas essa semana. Mas inverno? Já? É assim mesmo… A Moda desperta na gente os desejos da próxima estação quando ainda estamos no auge da atual. Tudo para começarmos a sonhar e planejar quais serão as nossas apostas em meio a tantas ideias que chegam às lojas. Para termos tempo de assimilar… Para entendermos que mulheres queremos ser… Ou com quais imagens vamos querer ”brincar”.

 

A coleção de outono-inverno 2013 da Carmen Steffens propõe que a gente seja um pouco mais romântica em meio ao caos urbano; que saibamos nos vestir para a “guerra cotidiana” sem perder o glamour e a feminilidade; e que aprendamos a olhar para estilos diferentes, como o punk e o gótico, e a tirar deles elementos para incrementar nosso visual, sem preconceitos. Spikes, fivelas, tachas, amarrações, crucifixos, veludos, matelassês, metalizados… materiais e texturas diferentes se unem ao couro de alta qualidade e tecnologia produzido especialmente para a Carmen Steffens pelo curtume de propriedade do mesmo grupo. Privilégio esse, aliás, de pouquíssimas grifes no mundo!

Enfim, vendo essas imagens-desejo em primeira mão e embalada por esse mix de inspirações da Carmen Steffens me lembrei da it girl siberiana Elena Perminova.

Bem mais jovem que eu (tem 25 e eu… bem, deixa pra lá, né…), Elena tem mais liberdade para ousar, arriscar, experimentar. Ainda assim dá para pegar carona na sua capacidade de usar influências barrocas, românticas, militares e punks e misturar tudo para construir um look urbano nada convencional. Na minha vida real, imagino que se pegar um ou outro elemento – transparência (não tão exagerada…) com bota, tecidos trabalhados e adamascados com acessórios metalizados, por exemplo – seja possível incrementar o look básico e trazê-lo para as tendências da estação. Pois foi esse o exercício que a equipe de estilo da Carmen Steffens fez para esse outono-inverno, poupando nosso trabalho e nos presenteando com uma bela coleção.

Que a gente já comece a respirar esses ventos mais frescos, barrocos e inovadores que o inverno traz.

Bjs e até o próximo look.

Patrícia Koslinski

 

Compartilhar este post

Últimos Posts

#CSLOVERS

Siga nosso instagram
e descubra o fascinante mundo da CS!

Follow